PROFISSIONAIS

CURADORIA 2020

Kellys Kelfis

Kellys Kelfis de Abreu é atriz e produtora e idealizadora do Fest & Arte com tendências a cineasta, nascida em Patos / PB, mora na cidade do Rio de Janeiro. Estudou na CAL (Casa de arte de laranjeiras) fez o curso de cinema no Templo Glauber Rocha em 2009.

Idealizadora, produtora, apresentadora e diretora do Reality Cultural Automotivo “Pintando 7 com Gaspar” em 2020. O reality tem distribuição da Europa filmes. 

Produziu e atuou no filme de curta metragem “No Caminho dos pés” em setembro de 2014. O filme foi selecionado para mais de 30 festivais ao redor do mundo, incluindo o de Estocolmo representando o Brasil na categoria curta metragem. 

Também no teatro atuou no espetáculo: “ Mais Vale um Asno que me carregue do que cavalo que me derrube 2010” direção Celina Bebianno, no espetáculo: “Toda Nudez será castigada¨ 2010 também com direção de Celina Bebianno, no espetáculo: “A visita da Velha Senhora ¨ 2011, direção
de Isabella Secchin no teatro dos quatro.

JURADOS FEST & ARTE 2020

Alice Morena

Atriz de teatro, cinema e Tv.

Trabalha como atriz há mais de dez anos.
Trabalhou no “ Grupo Tá Na Rua “ Dirigido por Amir Haddad, entre outros espetáculos dirigido por Amir.

Formada em Letras/ Literatura Brasileira. PUC-Rj.


Principais trabalhos em Tv:

- “ Suburbia”  Série rede Globo 
- “ Sexo e as negas” Série Rede  Globo 
- “Novo Mundo” Novela Rede Globo.

Principais trabalhos o Cinema: 

- “ Vai que Cola 2 - O Começo “ filme 2019. Personagem : “ Shirley” 

Tatjana Vereza

Tatjana Vereza é bacharel em Teatro pela Estácio de Sá. Iniciou sua carreira profissional como atriz com Márcio Vianna e fez as seguintes peças: Farra dos Atores (1993), Imaginária (1992), 1999 (1993) e o Livro dos Cegos. A partir de 1997 começou a trabalhar com Hamilton Vaz Pereira em Uiva e Vocifera , Uh-Madureza, Desejos Bazófias e Quedas . Em 2006 começa a dirigir ao lado da Lu Maza a peça Restos no Teatro Ziembinski, atua em 1/4 Escuro; direção Renato Carrera no Sesc Copacabana.  Estreia o infantil ao lado de Inez Viegas "A Semente Não Mente" (2007), onde atua, dirige e produz. Como diretora -assistente fez as seguintes óperas: Orfeu, Barroco!, Carmem, Salomé e A Voz Humana (Itália/1999) com o diretor Alberto Renault.  No ano de 2011, foi indicada a melhor atriz pelo monólogo Womam Machine, de Jô Bilac, ganhando temporada pelos teatros SESI RJ. 

Julio Barroso

Julio Barroso é ativista e produtor cultural. Trabalha na área musical desde 1990. Produziu vários eventos pela cidade, como o Brasilidade em 2010, Viradão Carioca, Festival Amanhecer Contra a Maioridade Penal entre outros. Participou de várias ocupações culturais pela cidade como Ocupa Lapa, O Passeio é Público, Baile Black Bom da Pedra do Sal e Ocupa MinC RJ. Em 2018 foi curador musical do Queermuseu no Parque Lage.  "Puxador" de vários blocos de rua, entre eles, Céu Na Terra, Tambores de Olokun, Carimbloco. Charanga Talismã, Cordão do Boitatá, Boi Tolo, Vamo ET e Orquestra Voadora e um dos fundadores do BlocAto - O bloco da Nada Deve Parecer Impossível de Mudar;

APRESENTAÇÃO

DONA EULÁLIA (Giovanna Velasco)

 

Ainda no início dos anos 2000, o comediante paulistano Rapha Velez reuniu alguns deseus personagens cômicos e deu início os espetáculo “Óbvios – Show de Humor”. Um dos personagens mais fortes do criador do Show, é Paulinho, uma criança desbocada de 7 anos. Paulinho contava que tinha matado os pais e havia sido criado pela avó, a verdadeira responsável pela sua falta de educação. Um dia, a atriz Giovanna Velasco foi convidada para viver essa avó. Assim nascia Dona Eulália. Anos depois, participando da série “Abusando” de André Abujamra" e Rafael Terpins, do Canal Brasil, Giovanna propôs à ambos uma parceria na gravação de pequenos episódios para internet do “O Programa da Dona Eulália”. Em seguida a personagem participa do seriado "Sonhos de Abu" dos mesmos criadores de abusando, também para o Canal Brasil. Nesse momento ela havia se tornado uma espécie de terapeuta sexual, havia ganho vida própria. Depois disso participou de inúmeros shows de humor na cidade de São Paulo como convidada. Em 2015 se apresentou algumas vezes no projeto "Cultura de Volta ao Baixo Gávea" no Marques da Gávea, BG, RJ. Agora ela se prepara para estrear o monólogo Eulália Sex Show, no Teatro Vanucci ainda este ano.

JURADOS - Edições Anteriores

Gustavo Paso
Dramaturgo e Diretor
Claudio Handrey
Ator e Professor
Catarina Abdalla
Atriz
Alice Morena
Dançarina
Breno Motta
Ator e Jornalista
Virginia Cavendish
Atriz e Produtora
Cesar Augusto
Diretor e sócio fundador da Cia dos Atores
Gilson de Barros
Diretor, Ator e Produtor cultural
Marcelo Valle
Diretor e Ator
Zeu Britto
Ator, Cantor e Poeta
Mauro Mendonça
Ator
Rosamaria Murtinho
Atriz
Jorge Salomão
Escritor e Ator
Emmanuel Santos
Diretor
Álamo Facó
Ator
Debora Lamm
Atriz
Show More
Emmanuel Santos

Diretor